• ESPECIALISTAS

    CIRURGIA DO JOELHO
    GRUPO PUC-CAMPINAS

  • PRIMEIRA CIRURGIA NO BRASIL COM A PRÓTESE BPK-S

  • INFORMAÇÕES

    ARTICULAÇÕES
    LIGAMENTOS( Case Report)

  • INFORMAÇÕES

    REABILITAÇÃO
    PÓS CIRURGICA

  • Lesões

    Lesões
    No Joelho

Equipe médica altamente especializada com grande experiência prática e vivência acadêmica, Clínica de Ortopedia, Traumatologia e Medicina do Esporte

Conheça nossas especialidades

TECIDOS

LIGAMENTO

Ligamento é um feixe de tecido fibroso, formado por tecido conjuntivo denso modelado,que tem como função estabilizar as articulações.

MENISCO

Meniscos são fibrocartilagens presentes nas articulações do joelho entre os côndilos do fêmur e da tíbia. Os meniscos têm a função de diminuir o impacto, ajudar a estabilizar a articulação, distribuir carga e promover a adaptação (melhorar o encaixe) entre as faces articulares do fêmur e da tíbia.

CARTILAGEM

O tecido cartilaginoso, ou simplesmente cartilagem, é uma forma de tecido conjuntivo, aderente a superfície articular que possui como funções principais absorver impacto e distribuição de carga; por ser avascular é de difícil cicatrização.

DOENÇAS

OSTEOARTRITE

Artrose, osteoartrose ou osteoartrite é um tipo de doença das articulações que resulta da degeneração da cartilagem e do osso subjacente. Os sintomas mais comuns são rigidez e dor nas articulações.

PROCEDIMENTOS

ARTROSCOPIA

Procedimento cirúrgico endoscópico pouco invasivo que realiza o tratamento dos danos do interior de uma articulação. É realizada utilizando um artroscópio, um tipo de endoscópio que é inserido dentro da articulação através de pequenas incisões..

OSTEOTOMIA

Osteotomia é o seccionamento cirúrgico de um osso, com a finalidade de corrigir ou restaurar o eixo mecânico dos membros .

ARTROPLASTIA

É um procedimento de cirurgia ortopédica para substituir, remodelar ou realinhar uma articulação. É uma cirurgia eletiva que tem por objetivo aliviar a dor, restaurar a mobilidade e a capacidade funcional de uma articulação lesionada.

PATROCINADOR

Equipe Médica

Especializada

Dr. Márcio Pedro

Médico Ortopedista - Cirurgião de Joelho

Membro da SBCJ
Membro da SBOT
Médico assistente da ortopedia e traumatologia Puccamp desde 1997
Médico assistente do grupo do joelho da Puccamp desde 1997
Residência em joelho Dr. Wilson Mello/ Puccamp 1996
Residência em fixadores externos 1996-1997
Residência em ortopedia e traumatologia Puccamp- SP 1993-1995
Serviço Militar (médico) 1992
Faculdade de medicina Puccamp-SP 1984-1991

Dr. Márcio Régis de Souza

Médico Ortopedista – Cirurgião de Joelho

Márcio Régis de Souza / Casado
Médico Ortopedista – Cirurgião de Joelho. Formado na Pontíficia Universidade Católica de Campinas (PUCC) – 1986 a 1991.
Residência médica de Ortopedia e Traumatologia no Hospital Anchieta – SP.
Especialização em Cirurgia do Joelho na Escola Paulista de Medicina-UNIFESP em 1995.
Staff do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da PUCC – Hospital Celso Pierro desde 1998.
Staff do Grupo de Cirurgia do Joelho da PUCC – Hospital Celso Pierro.
Fellowship no Hospital Mount Sinai – Universidade de Toronto – Canadá em 2014 a 2015.

Dr. Rodrigo Nunes

Médico Ortopedista - Cirurgião de Joelho

Formado pela Puc-Campinas
Fellow em Cirurgia de Joelho em Lyon, França
Assistente do grupo de Joelho da PUC Campinas

Conheça as principais lesões

A ruptura, ou estiramento, do ligamento cruzado anterior é uma das lesões mais comuns no joelho. Atletas que praticam esportes de alta demanda física, como o futebol, o futebol americano e o basquete, têm maior probabilidade de lesionar os ligamentos cruzados anteriores

Felizmente, a lesão do ligamento cruzado posterior é mais rara que a do cruzado anterior. ... O ligamento cruzado posterior está localizado na parte de trás do joelho. Ele conecta a parte de trás do fêmur (osso da coxa) a parte de trás da tíbia (osso da perna) atrás do LCA

Esse osso é 'conectado' ao fêmur e tem a função de proteger todas as estruturas internas da articulação, tanto com o a perna esticada, como com o joelho dobrado. Quando a patela sai da sua posição correta e se desarticula do sulco femoral (fêmur) acontece a Luxação Patelar.

Condromalácia é um desgaste na cartilagem do joelho, que acaba ocasionando dor e inflamação no local. Ela é mais comum em mulheres e é dividida basicamente em quatro níveis, de acordo com a gravidade do comprometimento da cartilagem.

O desgaste do tecido de proteção nas extremidades dos ossos (cartilagem) ocorre gradualmente e piora ao longo do tempo.
O sintoma mais comum é a dor nas articulações das mãos, do pescoço, da região lombar, dos joelhos e dos quadris.
Medicamentos, fisioterapia e, às vezes, cirurgia podem ajudar a reduzir a dor e manter o movimento articular.

O joelho do saltador normalmente afeta a origem do tendão patelar no polo inferior da patela, devido ao mecanismo de cisalhamento que ocorre durante a desaceleração no esporte. A tendinite patelar é uma das doenças do joelho mais comuns que afetam atletas. Ocorre em até 20% dos atletas que praticam salto.

Síndrome do trato iliotibial, também conhecida como síndrome do corredor, é uma das lesões mais comuns em atletas como corredores e ciclistas. O trato iliotibial é uma banda de tecido fibroso que passa sobre a região lateral do fêmur e se insere na porção anterolateral da tíbia.

Menisco são estruturas fibro-cartilaginosas entre o osso  do fêmur e da tíbia com funções de estabilização da articulação , distribuição de carga e  liquido sinovial, promoção de congruência articular  e absorção de choque(impacto). Uma lesão do menisco pode ser traumática ou degenerativa; dependendo do local da lesão , da extensão da lesão, do tipo de lesão , pode ser tratada conservadoramente ou cirurgicamente.

EI !

Você sabia ?

Que algumas dicas simples podem evitar lesão no joelho:
  • Mantenha seu peso sob controle.
  • Aquecimento antes dos exercícios.
  • Repouso após o exercícios.
  • Alongamento ajuda: melhorando a flexibilidade.
  • Fortaleça os músculos que estão em volta do joelho.
  • Fortalecer o tronco.

Notícias

VIEW ALL -
TOP